Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Rio Grande do Sul terá sol com nuvens nesta segunda (29)
29/11/2021 08:27 em Previsão do Tempo

Semana será de chuva escassa na maior parte do Estado

 

O sol aparece com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. As condições do tempo serão ditadas por um ciclone extratropical na costa uruguaia. Centro de baixa pressão costeiro traz muitas nuvens no Sul gaúcho, onde chove isoladamente. Uma instabilidade muito isolada pode ocorrer ainda na primeira metade do dia na Metade Leste do Estado.

O ciclone impulsiona ar seco a partir do Nordeste da Argentina,o que deverá proporcionar momentos de céu claro no Oeste e no Noroeste. Temperatura ao amanhecer é agradável e faz um pouco de calor durante a tarde.

 

Semana de pouca chuva e calor moderado

A semana será de chuva escassa na maior parte do Rio Grande do Sul. Na maioria dos municípios gaúchos pouco ou nada deve chover durante o restante da semana. Com as precipitações ausentes ou em baixos volumes, acelera-se a perda de umidade do solo com o sol e o calor. A condição, em dezembro, deve trazer grande preocupação no campo, especialmente na produção de milho, que é a primeira a manifestar os efeitos de estiagem no verão.

Nesta segunda, um ciclone extratropical atua na costa do Uruguai e traz chuva para o Extremo Sul gaúcho e pontos muitos isolados da Metade Leste do Rio Grande do Sul. Na região de Porto Alegre, chuva localizada e passageira é uma mera possibilidade e a tendência é o dia ter o predomínio de sol e nuvens com vários momentos de maior nebulosidade.

Ao mesmo tempo, uma massa de ar mais seco impulsionada pelo ciclone começa a ingressar pelo Oeste e o Noroeste. Ela deve garantir o predomínio do tempo firme na maioria dos dias do restante da semana. Entre terça e quinta, enquanto quase todo o Rio Grande do Sul terá ausência de instabilidade, apenas setores muito localizados perto da costa vão ter alguma chance de precipitação isolada e com baixo volume.

Somente no próximo sábado é que pancadas de chuva associadas ao calor e à umidade podem atingir mais pontos do Estado e, ainda assim, poucos e mais concentrados na Metade Norte. Não se espera que seja uma semana muito quente no Rio Grande do Sul, apesar de a previsão ser de tardes de calor.

 

Informações: Correio do Povo

COMENTÁRIOS