Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Abril termina com mais óbitos por Covid-19 que janeiro e fevereiro somados no RS
03/05/2021 11:09 em Região

Estado registra mais de 25 mil mortos e 980,4 mil casos desde início da pandemia

 

O Rio Grande do Sul fechou o mês de abril com uma triste marca: 4.031 óbitos por Covid-19. O total de vítimas fatais contabilizado durante o período supera, somados, fevereiro (2.001) e janeiro (1.759), que juntos totalizam 3.760. Com mais 22 vítimas fatais confirmadas pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), o Estado registra 25.108 mortes desde o começo da pandemia. A SES informou 616 novos casos, totalizando 980.412.

Segundo mês mais letal da epidemia no RS, abril só fica atrás de março, que é o mês com maior número de óbitos registrados por conta da doença: 8.108. Os dados são atualizados diariamente pela SES. Conforme dados do Painel Coronavírus RS, dos 25,1 mil óbitos no Estado, 18.832 (75%) correspondem a pessoas com 60 anos ou mais, ou seja, de cada quatro mortes registradas no RS, três são de indivíduos acima de 60 anos. A faixa etária que concentra maior número de mortes é a que vai de 70 a 79 anos, com 6.779 óbitos.

No RS, conforme a SES, as internações em UTI registravam queda, com taxa de ocupação de 82,9% das UTIs, com 2.816 pacientes em 3.395 leitos disponíveis. Os pacientes com diagnóstico de Covid-19 em estado grave eram 1.782. Outros 130 tinham diagnóstico suspeito da doença. Pelo segundo dia seguido a taxa de ocupação dos leitos SUS estava abaixo de 80%, com 1.946 pacientes e lotação de 78%. Em contrapartida, a rede privada - pelo segundo dia consecutivo - apresentava aumento da taxa de ocupação e operava com 96,8% de lotação, ou seja, 870 pacientes em 899 leitos disponíveis.

Após anunciar o aperfeiçoamento dos dados do painel de monitoramento da situação diária dos leitos de UTI da Capital, e retirar por um dia as informações sobre taxa de ocupação total de leitos e número total de pacientes em estado grave, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) decidiu manter o modelo anterior até que o novo formato esteja concluído. No domingo, havia 868 pacientes em estado grave. Com 90,79% de taxa de ocupação, o número de hospitalizações apresentava estabilidade em relação à véspera.

As internações relacionadas à Covid-19 totalizavam 503 casos, dos quais 487 confirmados para a doença - o menor número desde 28 de fevereiro, quando havia 467 casos positivos em UTIs. Dos 18 hospitais monitorados pela SMS, três operavam acima do limite: Ernesto Dornelles (150%), Moinhos de Vento (112,12%) e São Lucas (108,47%). Pelo menos 20 pacientes com diagnóstico de Covid-19 aguardavam por leito em emergências. Até início da noite, os hospitais Conceição, Porto Alegre, Pronto Socorro, Restinga e Beneficência Portuguesa não tinham atualizado os dados no painel.

 

Informações: Correio do Povo

COMENTÁRIOS